Sobre a linha

amena branco.png

Linha de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná

A linha de pesquisa Arte, Memória e Narrativa tem por objetivo abordar as relações históricas entre artes, formas narrativas e cultura, particularmente no que compete às interconexões simbólicas entre a historicidade das linguagens e os vetores sociais e políticos de um determinado contexto. Para tanto, partimos de uma noção abrangente de “arte”, que envolve as mais diversas  linguagens ficcionais, como as artes visuais, a fotografia, as histórias em quadrinhos, o design, o cinema, a literatura, a música, o teatro, a arquitetura e as novas mídias, pressupondo que há na linguagem não apenas um sentido de deleite ou de entretenimento, mas sobretudo de embate em relação às regras codificadas da cultura. Além dos artefatos artísticos, ponderamos a historicidade da linguagem e das formas narrativas, ali incluída a prática historiográfica e sua teorização. Nesses termos, compreendemos que toda obra de linguagem situa-se no cruzamento entre a memória individual e a memória coletiva, estando, portanto, em relação íntima com seu tempo e com as condições de sua produção e circulação. Consideramos o processo de produção das artes e narrativas como um modo de significação e interpretação do mundo, capaz, ao mesmo tempo, de interferir nas convicções e percepções já estabelecidas sobre a realidade histórico-social. Da mesma forma, acreditamos que essa inserção histórica das artes e narrativas envolve a consideração e a análise das propriedades intrínsecas de cada linguagem estudada, o que implica aceitar que tanto as formas ficcionais quanto as não-ficcionais de expressão possuem uma historicidade latente, tão relevante quanto as temáticas abordadas ou as circulações sociais. Assim sendo, a linha Arte, Memória e Narrativa abrange pesquisas de pós-graduação que abordam a interação entre história cultural e história das linguagens, com ênfase nos seguintes temas: arte e política; mídias, memória e patrimônio; crítica cultural; narrativas desviantes (crime, loucura, marginalidade); teoria da história e historiografia.

DOCENTES PERMANENTES

André Acastro Egg

Cláudio de Sá Machado Júnior

Clóvis Mendes Gruner

Pedro Plaza Pinto

Rosane Kaminski

Vinícius Nicastro Honesko

DOCENTES COLABORADORES

Artur Correia de Freitas

Maiores informações: www.prppg.ufpr.br/site/ppghis